CELSO AMORIM:

ENTRE VIRTUDES E VOCAÇÕES

*Envio em quantidade ou para o exterior: consultar

LANÇAMENTO

6 DE AGOSTO, 18h

Dias
Horas
Minutos
Segundos

O lançamento ocorrerá durante a palestra de Celso Amorim:
POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA E DEMOCRACIA: BALANÇO E PERSPECTIVAS

Coordenação: Naná Garcez  – Diretora-Presidente da Empresa Paraibana de Comunicação (Governo do Estado)

Carlos Enrique Ruiz Ferreira – Professor de Relações Internacionais da UEPB

Celso Amorim – Embaixador, foi Ministro de Relações Exteriores e Ministro da Defesa do Brasil

O livro “Celso Amorim: entre virtudes e vocações”, Editora União (2019), é uma coletânea de textos do Embaixador Celso Amorim produzidos entre 1991 e 2011. Os textos foram selecionados pelos professores Carlos Enrique Ruiz Ferreira e Daniel Afonso da Silva (organizadores), tendo em conta a dimensão histórica e analítica sobre as questões fundamentais da Política Internacional e Política Externa Brasileira. O livro abarca 20 anos de escritos e produção intelectual desse importante homem da República brasileira. Neste tempo, Celso Amorim ocupou os postos de Embaixador em Genebra, em Londres, representante do Brasil na ONU e foi Ministro de Relações Exteriores do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Também, o livro contempla alguns de seus escritos e contribuições para a Carta Capital, na coluna Radical Livre. Com o ilustre prefácio de Luiz Inácio Lula da Silva, o livro pretende contribuir para o debate e a formação acadêmica de estudantes, diplomatas, funcionários internacionais professores e interessados em geral na área de Ciências Sociais e Humanas, em especial dos campos de Relações Internacionais, Ciência Política, História, Economia, Direito e Geopolítica.

sobre o livro

Henrique Altemani - Professor Doutor

UNB

Os textos de Celso Amorim, de 1991 a 2011, ilustram não só a Política Externa deste período, da política ativa e altiva, do governo Lula da Silva, mas, precipuamente, algumas linhas estratégicas que compõem o “acervo diplomático permanente” brasileiro. Retratam não a Política Externa de um Governo, mas a do Estado Brasileiro. Celso Amorim, intelectual, professor e diplomata, expõe, didática e profissionalmente, a atuação brasileira contínua em prol de uma Governança Global que represente, democraticamente, não só os interesses das potências, mas os da comunidade internacional, como um todo. Aprofunda a defesa da “igualdade soberana de todas as nações”, introduzida por Rui Barbosa na Conferência de Haia em 1907 e, posteriormente, retomada por Epitácio Pessoa, na constituição da Liga das Nações em 1919. Na linha de Rio Branco, reintroduz a América do Sul como uma alavanca do processo brasileiro de inserção internacional e como um espaço de liderança regional. Retoma, com mais intensidade, a perspectiva da Governança Global, concentrada nos objetivos de coparticipação nos processos decisórios internacionais, expressos anteriormente no G77 e na UNCTAD e, agora, entre outros, nos arranjos UNASUL, G20, IBAS ou BRICS.

Henrique Altemani de Oliveira Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo, atualmente Professor Visitante no IREL/UNB, Coordenador do Grupo de Estudos Ásia Pacífico e membro do Foro Académico do Observatorio América Latina Asia Pacífico (ALADI, CAF e CEPAL).

Carlos Enrique Ruiz, Professor Doutor

UEPB

A primeira vez que o Embaixador Celso Amorim esteve na Paraíba foi em 2011, por ocasião do Grupo de Análise Política e de Relações Interna­cionais (GAPRI) da UEPB. À meu convite, nos marcos do cargo que exercia naquele então, de coordenador de Assuntos Institucionais e Internacionais da Reitoria da UEPB, Celso Amorim chegou à João Pessoa como palestrante e saiu como Ministro da Defesa (convidado pela então presidente Dilma Rousseff enquanto jantávamos na orla de Cabo Branco).

Ainda que sua presença já fosse necessária em Brasília, para os protocolos formais e encontro com os chefes das Armas, dentre outros, o Ministro manteve todos seus compromissos com a UEPB, realizando uma palestra com o GAPRI e uma conferência pública para os alunos e alunos, professores/as e demais interessados.

Neste momento, tive a honra de iniciar uma interlocução intelectual com um dos mais grandes homens de nossa República. Foi a partir daí que a ideia de um livro reunindo seus escritos – em especial os de cunho mais acadêmico e analítico – começou a tomar forma, junto com o professor Daniel Afonso da Silva.

O GAPRI/UEPB

O GAPRI objetivou discutir, promover a formação e o intercâmbio de experiências sobre a Política e as Re­lações Internacionais com os diversos representantes da sociedade civil, entidades religiosas, universidades, poder público e setor empresarial da Paraíba. Partíamos da convicção de que a globalização e a internacionalização são elementos constitutivos e fundamentais para a compreensão do período histórico contemporâneo. Em virtude disto, o GAPRI foi criado, procurando aportar aos representantes da Sociedade e do Governo, como um todo, uma dis­cussão de alto nível na matéria, buscando promover uma atuação internacional dos mais variados setores da Sociedade e Governo, consciente, objetiva e proativa. Tivemos um primeiro encontro com o Ministro Celso Amorim, em 2011, e um segundo encontro com o Ministro Rubens Ricupero.

fotos da palestra com celso amorim

Previous
Next

Fotos: Paizinha Lemos

adquira o seu!

*Envio em quantidade ou para o exterior: consultar